AWS SERIES: DAY … TWO: (mapa) GLOBAL, (zona) REGION, (disponibilidade) DATACENTER, (máquina) ID, e (acesso) SSH-EC2-USER

Já ouviu aquela máxima que seres humanos gostam de palavras e máquinas preferem números? O que para nós é http://www.google.com.br para um computador na verdade é 142.251.129.67

Figura 01. ping http://www.google.com.br

Se adaptarmos para AWS, o que nós chamamos de Ohio e Virgínia do Norte, simplesmente são us-east-2 e us-east-1, respectivamente. Todos os códigos que representam cada região e zona da nuvem da Amazon estão presentes em https://docs.aws.amazon.com/pt_br/AWSEC2/latest/UserGuide/using-regions-availability-zones.html

Figura 02. zonas e regiões

O mapa completo para uma imagem geograficamente precisa, com possibilidade de interação através do mouse, está em https://aws.amazon.com/pt/about-aws/global-infrastructure/

Figura 03. infraestrutura global da AWS

Qualquer informação básica passível de consulta acerca da instância, selecione-a primeiro com apenas um clique, e depois role para baixo da tela no novo sub-painel a ser carregado. Uma aba geral chamada de Detalhes é exibida por padrão, ao lado de outras batizadas de Segurança, Redes, Armazenamento, Status, Monitoramento, Tags.

Figura 04. detalhes da instância
Figura 05. detalhes da instância
Figura 06. monitoramento em tempo real

Permanecendo na página, e deixando marcada a caixa de seleção, vamos agora entrar na EC2 similar ao que faríamos com qualquer outra máquina virtual. Para tal, localize o botão CONECTAR na parte superior da tela.

Figura 07. botão conectar

Copie e cole a seguinte linha para uso do SSH. Se estiver no Linux, o protocolo é suportado nativamente, bastando apenas abrir o terminal, colar e executar. Senão, no Windows baixe e instale o Git Bash antes do procedimento.

ssh -i "rootkiv-aws.pem" ec2-user@ec2-3-139-90-191.us-east-2.compute.amazonaws.com
Figura 08. copie e cole
Figura 09. git bash for windows

>_ BÔNUS EXTRA: Proteção contra exclusão acidental

Quando ligadas, as instâncias dentro da AWS CONSOLE se comportam como máquinas … E como bons exemplares, também é possível efetuar outras operações para além do boot. São elas: interromper, reinicializar e encerrar. Em particular, na interface web, estão denominadas como Estado da instância

Figura 10. estados da instância

Por estarem muito próximos um do outro, esses botões podem ser acionados sem querer. Exemplo, você queria hibernar a máquina quando na verdade apertou encerrar. Observe a seguir, um pouco mais de perto:

Figura 11. ações próximas

Encerrar aqui quer dizer apagar a máquina e o disco por inteiro. Sem volta ou garantia nenhuma de recuperação posterior. Por isso, ative sempre que puder o recurso que irei mostrar logo mais.

Figura 12. passo um
Figura 13. passo dois

Um pequeno teste final, simule uma exclusão acidental …

Figura 14.
Figura 15.
You Shall Not Pass by Gustavo Athayde on Dribbble
Você não irá passar!

Um feliz natal (atrasado) do blog @automatesmachines.org